Aprenda a preparar o “Hambúrguer de Grão de Bico”,

Quer apreciar da gastronomia da Pousada do Sandi em sua casa?

Para assinar o novo cardápio, os proprietários da ilustre pousada de Paraty convidaram a chef paulistana Natália Luglio, jovem cozinheira especializada em gastronomia sustentável, com foco em ingredientes locais da biodiversidade brasileira e defensora de uma dieta à base de vegetais. O menu plant based é uma das muitas novidades que marcam os 30 anos da Pousada do Sandi, que passou por uma repaginada completa em 2020.

Confira a seguir o passo a passo:

HAMBÚRGUER

Rendimento: 709g

Porção: 110g cada

Ingredientes:

500g grão de bico

8g alho picado

80g cebola picada

4g páprica defumada

2g cominho

60g aveia flocos finos

30 ml azeite

5g sal

22g salsa picada

Modo de preparo:

  1. Com o socador, amasse o grão de bico até ficar bem quebrado. Adicione todos os outros ingredientes e acerte o sal. Modele os hambúrgueres com 110g, do diâmetro do pão.
  2. Pré-aqueça o forno a 180º e asse os hambúrgueres por 15 minutos de um lado e mais 10 do outro.
  3. Congele e asse novamente no forno pré-aquecido a 220ºC para servir.

MOLHO DE TAHINE

Ingredientes:

60g tahine

30 ml água

30 ml limão

Sal

Modo de preparo:

  1. Misture todos os ingredientes até ficar bem, cremoso.

MONTAGEM:

  1. Asse o hambúrguer com um pouco de cebola roxa e azeite por cima. Quando a cebola estiver começando a dourar, retire e monte.
  2. Aqueça o pão.
  3. Passe o molho de tahine nos dois lados do pão. Coloque o hambúrguer, uma a duas rodelas de tomate e alface.

HOMMUS

Ingredientes:

670g grão de buco

40g tahine

1 dente alho (cerca 3g)

23 ml suco de limão

22 ml azeite

Modo de preparo:

  1. Bata tudo no liquidificador até ficar bem cremoso.
  2. Conserve na geladeira por até 5 dias ou congele por 30 dias.

Pode ser usado em sanduiches e tapiocas, ou servido puro no café da manhã.

Sugestão para rechear os sanduiches e tapiocas:

– Cenoura ralada

– Alface

– Tomate

– Pepino

Sobre a Pousada do Sandi

O casarão do século XVIII que abriga a Pousada do Sandi já foi a Casa da Moeda, durante o ciclo do ouro, e a primeira escola de Paraty. A construção colonial estava abandonada, em meados dos anos 80, quando o empresário Alexandre Adamiu se apaixonou por sua esposa, Sandra Foz, e também pela cidade que ela amava.

Grande empresário do cinema, presidente da Paris Filmes, Alexandre era também um visionário. Conta-se que foi em uma noite alegre, entre amigos, pelos bares da cidade, que ele decidiu arrematar o casarão, que reúne um conjunto de seis casarões, em uma esquina, no coração do Centro Histórico. Depois de uma longa reforma, ele presenteou Sandra com a Pousada do Sandi, perto de 1990. A pousada foi batizada em homenagem ao filho único do casal.

A Pousada do Sandi já nasceu como uma estrela. Alexandre teve ainda a ideia incluir um anúncio da pousada nas fitas VHS distribuídas pela Paris Filmes. Foi um sucesso. A Pousada do Sandi logo se tornou uma referência no imaginário dos brasileiros. Há dez anos, o próprio Sandi e sua mãe, Sandra, assumiram a administração da pousada, conservando a tradição do bem receber e a vontade de inovar e se renovar, sempre.

Siga o GRS no Instagram